Moda – Pesquisa de Moda / Dicas

Esse post deve ser útil para entusiastas da moda e para quem já estuda ou trabalha com esse meio. Primeiramente devo dizer que a minha formação é a de Moda, na Universidade Feevale (RS) e trabalho no meio fashion há 7 anos, na parte de pesquisa e desenvolvimento de produtos (bolsas e acessórios). Na empresa na qual atuo, são realizadas muitas coleções por ano, portanto é exigido e primordial que eu esteja sempre antenada com as tendências, tanto as mais óbvias quanto as emergentes, afim de que seja possível criar novos produtos que causem desejo na consumidora.

Na minha opinião pessoal, quem se interessa por moda, se interessa por novidades. Claro que no curso de Moda, aprendemos a história dela, e isso é essencial para entendermos a sociedade e sua relação com a moda. Ou seja, se você apenas quer saber sobre moda sem cursar, é importante que leia alguns livros ou mesmo artigos sobre o assunto e sua relevância histórica.

Voltando ao assunto de pesquisa, apontarei algumas maneiras das quais faço a pesquisa e para qual fim cada uma é melhor. Lembrando que esse assunto é muito vasto e eu não vou parafrasear autores para a definição do termo de tendência ou pesquisa de moda e nem falar sobre meios de pesquisa fora da internet (viagens internacionais, revistas, etc).
Para fazer uma boa pesquisa, primeiro tem que se estabelecer o objetivo, que pode ser para uso pessoal (montar o look de sábado a noite/renovar o guarda-roupa) como para uso profissional (desenvolver produtos, desvendar tendências comportamentais para uso comercial).

Vamos lá!

Feedly – Em primeiro lugar, devo salientar a importância de usar um leitor de feed (posts). Eu usava o Google Reader que foi extinto, então tive que migrar para o Feedly, que não é tão bom quanto o reader, mas quebra o galho.
Explicação breve: Você tem uma série de links de sites e blogs que gosta de olhar, com o Feedly você armazena os endereços no mesmo, e quando quer ler, todos os posts se encontram no mesmo lugar, ou seja, você não precisa abrir o navegador e puxar da sua memória todos os endereços, o Feedly já faz esse serviço para você e mostra quais posts são novos (pode colocar dos mais recentes até os mais velhos, ou vice-versa).
Você deve organizar os endereços eletrônicos por categorização, por exemplo: tumblrs, blogs, pesquisa, notícias, etc. O que você achar melhor, para mim Feedly é a dica mais importante e que realmente faz diferença na hora de estar antenada.

feedly

Imagem da página do meu Feedly

Pinterest –  Acho mais fácil e dinâmico que um Tumblr. Ele é um site que você pode “pinnar”(colocar) imagens em boards de acordo com seus interesses. Você os cria (boards), como se fosse uma categorização e assim, busca no próprio pinterest ou fora dele, imagens que inspirem ou até mesmos posts interessantes que possam ser pinnados.
Exemplo: Entre no meu pinterest e veja como organizo meus boards (e também sigo pessoas/sites legais que vocês podem seguir).
Dica: Não se detenha somente a seguir certas pessoas no pinterest e usar as imagens das mesmas, é possível instalar o botão do pinterest e pegar imagens de vários outros sites, e se você usar o Feedly, fica super fácil.

pinterest

Imagem da página do meu Pinterest.

Blogs – Uma coisa que se aprende nos blogs, é que onde há um blog bom, há outro melhor ainda. Gosta de um blog? Repare nos links que esse site indica, normalmente os links serão no mesmo nível ou até melhores. Um link leva a outro link, que pode ser um blog mais diferenciado e interessante, no qual o conteúdo tanto escrito ou de imagens, será uma ótima fonte de pesquisa e inspiração.

Loobook.nu – Eu não utilizo muito esse site, mas eu indico ele para pessoas que gostam de se inspirar em looks alheios para se vestir e além do mais, há muitos estilos diferentes e a maioria dos usuários utilizam marcas de fast-fashion para se vestir e mesmo assim, vestem-se de  forma inusitada, também há muitos users que são bloggers, então é um bom site para começar a achar endereços de blogs.

lookbook

Lookbook

Sites de stret style – Gosto muito do Carolines Mode e sempre fico atenta que nas semanas de moda, cada portal de moda tem uma área específica na qual divulga as mais emblemáticas fotos de street style da temporada, como por exemplo o fotográfo Tommy Ton para o Style.

Grandes portais de moda – Para se obter conhecimento e pesquisar moda na própria moda de passarela, indico alguns sites: Style, WWD, Fashionista. São ótimos sites com conteúdos elaborados e imagens de alta qualidade.

style

Style.com

Afim de se inteirar sobre as macro tendências comportamentais e conhecer o trabalho de um cool hunter?

Box1824 – Este site é brasileiro e já fez ótimos conteúdos sobre as tendências comportamentais. Lembra daquele vídeo sobre a geração Y que estava correndo pela internet? É desse site. Melhor ainda, está em português.

box1824

Box1824

K-hole – Site de tendências comportamentais baseado em Nova York. Ele foi o primeiro que divulgou o termo normcore que foi super comentado e disseminado pela massa. E eles tem uma parceria com o site Box1824.

khole

K-hole

Trendwatching – É pago, mas divulga gratuitamente parte da pesquisa para assinantes apenas por e-mail, tipo newsletter. É interessante,  pois ele se foca em regiões, portanto, pesquisa tendências comportamentais da América Latina, por exemplo.

trendwatching

Trendwatching

WGSN – Este site é considerado o mais famoso e o melhor de todos, por esse motivo, ele é pago e é bem caro. Tenho o privilégio de poder acessá-lo pela minha empresa, mas sei, que a Feevale tem assinatura e os estudantes podem acessar pela Universidade. A WGSN comprou a concorrente StyleSight e eles se uniram, assim tendo, mais exclusividade nas pesquisas e reunindo tendências comportamentais relevantes para o desenvolvimento de produtos.

wgsn

WGSN

Sobre saber inglês:
Na minha experiência, foi essencial saber a língua inglesa, mas quando comecei  minha
carreira profissional, eu sabia o inglês mas não sabia os termos de moda na língua. Um livro que me ajudou muito a desvendar o dicionário da moda foi “Dicionário de Termos de moda” da Diana Aflalo. E o restante foi por prática, entrar nos sites e prestar atenção nos termos em inglês que se repetiam e associar eles as imagens.

Sobre saber francês:
Não é tão essencial, mas é importante saber algumas palavras ou outras, pelo menos para não passar mico na hora de pronunciar os nomes de grandes grifes como: Yves Saint Laurent, Chloé, Céline (etc) ou lojas de departamento como a Printemps. Também é muito legal ler o blog da Garance Doré em francês, pois na versão traduzida para o inglês, muito se perde no significado das frases.

Espero que este post ajude, qualquer dúvida, por favor enviem nos comentários.

Anúncios

Sobre roos.evelyn

90's. girl. brazil. loves fashion, music & culture.
Esse post foi publicado em moda, pesquisa de moda e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s